quarta-feira, 15 de abril de 2009

Resumão

Nossa povo, milhões de feriados esse ano né? Bom que dá pra ir bastante pra casa rever todo mundo. Páscoa foi lá (com a casa cheia) e nesse do dia 21 também voltarei. Já dia 25 eu fico aqui em São Paulo mesmo, porque tem a... Lançamento de Calouros! Eu contarei como foi depois da festa, por enquanto só dá pra saber que é a maior festa da Escola \o/

Dia 27 tem apresentação do segundo trabalho de Biologia do Desenvolvimento, sobre Cranioestenose. Nós nem temos as notas do primeiro ainda, mas parece ter sido mais ou menos, então dessa vez vamos caprichar. Ruim que depende muito do professor que assiste à apresentação, um é super bonzinho e a outra é uma bruxa ¬¬

Dia 29 teremos nossa segunda prova, de Biofísica - a disciplina do demônio. Essa vai ser um mistério também, porque embora ninguém entenda a teoria completamente, parece que o professor fornece as fórmulas ("só" 13!) junto com a prova, o que pelo menos nos exercícios que a gente tem feito, facilita pra caramba. Aliás, alguém tem uma calculadora científica sobrando?

Agora deixando o que ainda vai acontecer meio de lado, os últimos dias muito legais:
Anatomia continua impossível, hoje nós começamos a ver músculos e simplesmente não dá pra reconhecer as imagens do Atlas nos cadáveres. O professor deve ter enjoado de mostrar pra gente os músculos da mão... Ancônio? É "artefato", só pode ser.
Histologia não fede nem cheira. É legalzinho olhar os diferentes tecidos no microscópio, a parte teórica também não é muito chata, mas nunca tem nada de surpreendente poxa =(
B. do Desenvolvimento continua super complicado, mas é a mais legal! Tipo, nós vimos uma face em formação esses dias, comoassim gente! Um mini-rostinho microscópico de bebê, super maneiro e surreal. Como esse aqui ó.
E é claro, teve a visita da Daphne também! Ela como enorme fã doida de São Paulo, veio passar uns dias aqui. Não aqui em casa, lá na casa da prima dela... Mas terça a tarde como eu não tenho aula a gente foi passear um pouco na Liberdade e na Paulista. A gente parecia muito turistas tirando foto de tudo hahaha. Com o meu moicano vermelho então, quase ninguém notava a gente hehe.

Olha que ridículos HAHAHA. Tem foto com a placa, com a rua, com a ponte, com o MASP, com a torre de televisão, no parque, no metrô, comendo... Eu mereço uma coisa dessas hein? O passeio teve até pastel com caldo de cana, que segundo ela é coisa daqui. Eu também descobri que aqui eles compram milho cozido nessas barraquinhas mas comem direto o milho em um pratinho, sem a espiga. Que preguiçosos genial!

É isso aí, hora de dormir que amanhã cedo tem exame de sangue. E ficar em jejum acordado é muito mais sofrido. Abraços!


0 comentários:







Postar um comentário