quinta-feira, 23 de abril de 2009

OPM

Hoje também teve aula de anatomia, teórica e prática, de músculos, mas como continua a mesma coisa impossível de sempre eu nem vou falar muito não. A gente até tentou convencer o professor a nos contar quais partes ele mais gosta (e que portanto provavelmente caem na prova) mas não teve jeito.

Mas isso foi só a tarde, de manhã nós tivemos a terceira visitar da OPM: Observação a Prática Médica. Ao invés da aula começar 8 horas como normalmente, precisávamos pegar um ônibus às 7 para Taboão da Serra, no hospital Pirajussara. Taboão da Serra gente. A viagem ia demorar quase uma hora, pelo menos todos os sete alunos que iam pra lá estavam juntos, foi mais animado.

Mas depois ficou cada vez melhor. A médica responsável pela gente, Drª Sue, era demais. Ela até se preocupou em decorar o nome de todos nós hahaha, comoassim. A viagem demorou sim mas nem foi tão horrível quanto a gente esperava. O bairro que a gente ia era bem podre, mas o hospital era muito bom! Tinha bastante gente sabendo que nós iríamos lá, houve até um café da manhã com direito a bolo, sanduíche, mamão, suco...

Como o tema da nossa visita era Ginecologia/Obstetrícia, começamos assistindo um parto normal. As gurias estavam super empolgadas haha, deve ser coisa de mulher. É meio estranho no começo porque pareceu que a mãe não ficaria muito a vontade com a gente lá olhando tudo, mas deu tudo certo. Não houve gritaria nenhuma, acho que isso é só em novela mesmo, mas teve sangue pra caramba \o/. Nasceu uma menina normal, com 3kg e um tanto, e até deixaram a gente sentir a cabeça do bebê!

A próxima paciente em trabalho de parto ainda ia demorar algumas horas pra ficar pronta e nenhuma cesárea estava marcada, então demos uma volta no centro cirúrgico e entramos em outra sala onde estava acontecendo uma cirurgia no intestino. O cara foi baleado há 4 meses e desde então está internado e já fez 20 cirurgias! Isso que ele não pode comer, vai tudo pela veia. Foi legal no começo, mas ninguém entendia nada do que estava acontecendo então fomos dar outra volta.

Dessa vez voltamos à parte de G/O para assistir a uma AMIU (Aspiração Manual Intra-Uterina) de uma mulher que tinha sofrido aborto. Mó triste, um mini-aspirador a vácuo sugando o que era pra ter sido um bebê. Mas ninguém passou mal não, os sete ficaram firmes!
FIM. Hohohoho.

Coloco uma foto da gente quando a Pri me passar a que ela tirou. Beijão pra todos!


0 comentários:







Postar um comentário