quinta-feira, 11 de novembro de 2010

DIPA

Além de todas as disciplinas que acabam nesse ano, também temos todas as outras atividades, como as ligas e projetos de extensão. Uma dessas ligas é a DIPA (Doenças Infecciosas e Parasitárias), que na próxima semana vai ter seu curso introdutório para arrecadar os novos membros.
Todo mês a gente costumar ir uma vez ao hospital, acompanhar algum caso na enfermaria da DIPA, e uma vez no ambulatório, atender algum paciente de retorno. Mas dessa vez foi especial, ou diferente pelo menos =). Ao invés de discutirmos um caso a médica xerife dali, Drª Janaína (que by the way, é super foda), quis discutir conosco sobre a "superbactéria KPC". Primeiro uma explicação enorme sobre tudo, mostrando o monte de besteira que aparece nos jornais e revistas a respeito do assunto.
E depois lá fomos nós, os dez mancebos, seguindo a médica indo visitar os pacientes infectados ou colonizados com uma bactéria nova e superesistente. Hilário, mais ainda as expressões de todo mundo quando ela pedia para a gente entrar nos quartos, mas não encostar em nada! Fazer o que né? Faz parte!

sábado, 6 de novembro de 2010

Fim de Semestre

E não é que está acabando já? Depois de um primeiro semestre que pareceu um ano, de tão cruel, esse agora está sendo bem mais calmo, mas ainda assim passou voando. Agora só faltam quatro semanas com uma série de provas e pronto, lá se foi um terço da faculdade.

Tempos remotos!

Dá um pouco de desespero, porque eu não acho que eu sei um terço de tudo que eu vou aprender. Na verdade, tivemos recentemente a "Prova Progresso" para esfregar na minha cara que eu não sei nada mesmo. Essa é uma prova que todos os alunos de todos os anos de algumas faculdades fazem. A prova é a mesma, então teoricamente ela conseguem avaliar a sua evolução (progresso, sacou?) ao longo dos seis anos. E eu consegui ir pior esse ano do que ano passado, super legal.

Academicamente falando, parece que eu não aproveitei muito esse semestre. Fico com essa impressão estranha que tem um monte de coisa importante que eu não liguei, fui bem em quase tudo com um esforço tão mínimo. Mesmo a monitoria, que eu estava bem empolgado para entrar, está sendo um tédio já que não vai nenhum aluno.

Enfim, não quero parecer desanimado não, porque gostei bastante desse semestre e fora da escola as coisas estão muito legais também. Mas não vejo a hora de começar o terceiro ano, quando as coisas parecem mais medicina de verdade. Para os calouros ou qualquer um que pense em estudar aqui, fica a dica: pode ser chato de vez em quando, mas vale muito a pena!

domingo, 22 de agosto de 2010

Plantão NCR

Domingo foi o dia do meu primeiro plantão da liga de Neurocirurgia. Deveria ter sido sábado, mas como a família estava aqui eu consegui trocar para domingo, começando 7:00 e terminando 19:00 (sim, doze horas!).
Apesar de passar pelo hospital com certa frequência, normalmente é só como um atalho para algum anfiteatro. Então inicialmente eu não tinha muita ideia de onde ir, só tinha um telefone do residente (R1) e precisei ligar e descobrir onde ir.

O dia começou com uma troca dos residentes, o que foi bem útil porque eles discutiram todos os casos sob responsabilidade deles e eu não fiquei tão perdido. Logo chegou também uma interna (5º ano), então eu não era mais o único sem entender a discussão. A maioria dos casos eram de acidentes (quedas, acidentes de carro ou moto, atropelamentos), com pacientes no PS precisando de uma avaliação da NCR.

Essa foi a rotina de praticamente toda a manhã. Ver pacientes, pedir tomografias, algumas prescrições... a cirurgia de coluna cervical que eu achei que ia ver acabou ficando pra madrugada, porque os materiais iam demorar cinco horas para ficarem prontos. Mas um pouco depois do almoço (um sanduíche, comendo andando) acabou tendo uma de um senhor comum hematoma sub-dural crônico. A cirurgia foi feita quase inteira pelo R1, que eu realmente achava que não fazia nada... Já deu pra se animar mais um pouquinho. Pena que foi tão rápida, deve ter durado um pouco mais que uma hora, isso porque a sedação demorou.

Depois foi só mais visitas em vários pacientes. Teve muitas coisas legais, de manhã também, mas não dá pra ficar descrevendo a história inteira de todos os pacientes.
E treze horas depois eu chego em casa, com a perna acabada e bolha no pé. o/

sábado, 7 de agosto de 2010

Falta de Tempo

Três ligas, monitora de Embrio, uma matéria opcional, um projeto de extensão, mais as aulas regulares. É, uma hora ou outra eu sabia que ia começar a ter problema com meus horários. Não na manhã ou tarde, que sempre teve e terá aula, mas nos meus almoços, que só está livre na terça-feira.

Assim, no meu almoço de quinta-feira, eu tenho tanto o projeto Hábraços, como plantão da monitoria. Na sexta-feira, o problema é o mesmo, com plantão da monitoria e da liga de Acupuntura. E agora?! Isso que a liga de Neurocir. mudou de horário, senão as aulas seriam no mesmo horário da de Acupuntura.

Ninguém mandou querer ser médico né, tem tanta coisa legal que fica difícil escolher uma coisa só... =)

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Dias 1, 2 e 3

Primeira semana de aula é mesmo uma maravilha. Todas as aulas que tivemos até agora foram mais ou menos introdutórias, então era bem possível ficar conversando a aula inteira, desenhando, dormindo e ainda assim prestar alguma atenção e entender como funciona as novas matérias. Melhor ainda quando a aula termina mais cedo, como hoje.

O calendário desse semestre é bem mais organizado/repetitivo, assim eu sei que toda quarta eu tenho Patologia o dia inteiro, ou que todas as outras tardes são pra Farmaco e as terças de manhã para a eletiva, e assim continua. Aliás, a eletiva desse começo de semestre é a de Biofabricação de Tecidos, que poderia ser bem mais interessante se o professor não ficasse enrolando bilhões de horas para chegar ao ponto principal.

Expectativa ainda boa para o semestre, como eu disse está parecendo bem mais Medicina agora. Mas... melhor nem agourar muito, vai que semana que vem tudo vira um caos?

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Segundo Semestre

Bom, hora de voltar né? Por mais que as férias tenham sido ótimas, estou sim positivamente ansioso para o novo semestre. Pode parecer bobeira, mas ele parece tão mais medicina do que os outros que já tivemos...

Como só começamos segunda, não há muito o que falar ainda. Mas está aí nossa lista de novas matérias:
  • Necessidades de Saúde (Saúde Coletiva/SaCo/Bioestatística...)
  • Farmacologia e Psicobiologia
  • Semiologia
  • Patologia
Tem até um link do meu calendário ali em cima, porque já tem gente que eu sei que quer um calendário unificado de todas as matérias, né Sô? =)

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Suturas

Uhul, a eletiva de suturas está andando! Nada de muito novo pra contar, só queria mesmo mostrar uma foto. Na última aula simulamos uma excisão de um tumor e um enxerto de pele. Eu ainda demoro 15 mil horas pra dar um ponto, mas está sim ficando melhor, prometo! Além disso, já estou conseguindo usar a tesoura na mão esquerda, da forma bizarra que eles ensinam, já que obviamente todas as tesouras que eles tem lá são, por padrão, para destros.


Sim, isso é uma língua de boi, que nós tivemos que comprar. O professor inventou que precisávamos ver como é fácil conseguir uma língua, ele só esqueceu de dizer que na verdade é chato pra caramba já que ninguém quer vender esse trubisco. Nesse momento, ela está no meu freezer, ocupando o espaço do sorvete de flocos. A bolinha de papel amarrada faz parte da aula, não fui eu que decidi fazer um experimento aleatório ok? É um curativo (de Brown?) em cima do enxerto, para segurar ele no lugar. E o pedaço de carne com uma bola azul de canetinha era pra ser um tumor. =)

Ligas

Bom, por esse ano minhas ligas já estão escolhidas. Doenças Infecciosas e Parasitárias, Acupuntura e Neurocirurgia. Ah como é bom não ter que me preocupar mais com cursos de uma semana e concorrentes disputando uma ou duas vagas comigo. E eu sei que as três parecem não ter nada a ver entre si, mas se você pensar bem, não espera, elas não tem nada a ver mesmo. Mas até que faz sentido: uma liga clínica para eu não virar um monstro sem coração, uma cirúrgica e uma alternativa/aleatória.

Na DIPA, continuamos com aulas semanais e duas práticas por mês, uma no hospital e uma no ambulatório. É minha chance de treinar uma anamnese, mas por enquanto ainda prefiro ficar só olhando e deixar essa parte com os veteranos. De vez em quando fazemos alguma prática mesmo, como os exames físicos. E os casos são sempre interessantes, algum paciente com alguma doença que eu nunca ouvi falar, mas que posso contrair só de andar pela rua.

Na liga de Acupuntura, por enquanto só tivemos aulas teóricas. Mas amanhã mesmo já vou no PA assistir algumas consultas milagrosas. No PA, eles usam só uma ou duas agulhas, geralmente em pessoas que chegam reclamando de dor. A velhinha chega que não consegue nem se mover e sai direto pro Circo du Soleil.

E por último a liga mais recente, de Neurocirurgia. Só tivemos duas aulas, com dois casos clínicos. Hemorragia subaracnoidea e meningioma com III NC completo. Só de ler já dá vontade de estar no centro cirúrgico... Infelizmente, ainda não dividiram os horários dos plantões. Aliás, faremos "plantões" de 12 horas, seguindo algum residente pelo hospital.
Quem sabe eu dou sorte e pego o plantão de domingo à noite, assim já posso ir direto pra aula na segunda de manhã, economizo andar três quadras.

terça-feira, 4 de maio de 2010

Disappointment

Não deu pra entrar na Liga de Plástica. Tipo, que droga. Pior que 17 pessoas foram chamadas para a entrevista, 9 foram convocados e 4 ficaram na "lista de espera". E eu não estou entre esses 13, logo fui um dos últimos quatro! Tubo bem que entrevistas realmente não são meu forte, mas poxa, podia estar pelo menos na espera né?

Enfim, não tem muito o que fazer agora. Só esperar ano que vem para uma nova chance e ir de visita no centro cirúrgico mais algumas vezes. Enquanto isso, vamos ver como vai ser a liga de Acupuntura, por que essa pelo menos eu passei. E semana que vem começa o curso da liga de Neurocirurgia, outra que eu quero muito.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Escala de Breslow

Caramba, que dia agradável - no geral - que foi hoje. Até me surpreendi viu? Vamos lá, por partes:

  • Sem aula pela manhã, meu dia começou só dez horas (e amanhã vai ser assim também!);
  • Tarde na casa do Leo com ele e o Gah, fazendo trabalho sobre células tronco. Eu sei que trabalho é chato, mas reunião com os amigos (viu, vocês são meus amigos sim, não colegas hahaha) é sempre bom e ainda terminamos quase tudo;
  • Entrevista da Liga de Cirurgia Plástica (LCP) foi bem. Quer dizer, pareceu ir bem para todo mundo, o que não é tão bom... Mas pelo menos eu não gaguejei, vomitei nem desmaiei né? E ainda respondi certo o que era a escala de Breslow, porque o sacanas resolvem enfiar uma pergunta teórica perdida no meio da entrevista;
  • Prova da Liga de Acupuntura facílima, isso que eu faltei em uma das aulas. E pela primeira vez na história de todas as ligas que eu já apareci, sobrou Coffee Break para depois da prova! Para quem já foi em qualquer liga, sabe que normalmente o exército de subnutridos acaba com a comida em dez minutos, no máximo deixam uma Fanta uva light quente e sem gás;
  • Saiu a nota da prova de Parasito que eu comentei no último post. Meu primeiro 10 em um ano e meio de faculdade!
Amanhã talvez saia o resultado da LCP e no fim de semana a patota vai para Ribeirão Preto. Viagem com os amigos... essa semana tem mesmo tudo para acabar muito bem!

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Leishmania Viannia brasiliensis

Ufa, primeira prova de Parasito não assustou ninguém. Me refiro, óbvio, aos seis amigos que importam para mim. Nós só tivemos uma aula antes dessa prova, sobre três doenças ( leishmaniose cutânea, oncocercose e larva migrans cutânea) então realmente não havia muita matéria para estudar. E mesmo lendo apenas umas 20 páginas, fico puto com a professora que só cobra uma das doenças e ignora as outras, desperdiçando todos os meus minutos de estudo!

Daí assim, recebemos um caso clínico e precisávamos fazer o diagnóstico, dizendo o nome completo do parasita - título do post, para quem não percebeu - e tratamento (antimoniais pentavalentes, pentamidina ou anfotericina B). Piece of cake, que Parasito continue assim.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

SaCo

São Paulo, abril 2010.
Aos estudantes da Turma 77 do curso de medicina
Os professores da Unidade Curricular Saúde Coletiva II: Necessidades de Saúde, desenvolvida com estudantes do 2º ano médico, registram reprovação às atitudes dos alunos durante a atividade pedagógica realizada no dia 07 de abril de 2010. 

A atuação de um estudante, carregada de ironia e preconceitos, foi desrespeitosa com docentes, conferencista e estudantes presentes. Entende-se que o apoio demonstrado pelos estudantes, por ação ou omissão, a tal atitude, tornou-os responsáveis pela impropriedade cometida por ferir princípios de civilidade e respeito.  
Por este motivo, lamentamos a conduta dos estudantes desejando que cada um reflita sobre o assunto e que de alguma maneira isto possa contribuir para a sua formação médica.
Mas eu me divirto tanto com Saúde Coletiva. Olhem como nossos professores são sagazes e malandros, conseguindo ofender a turma inteira em 10 linhas. E todo esse mimimi porque um aluno pareceu falar mal da matéria e do SUS durante uma apresentação.


Só isso mesmo, queria ter uma cópia do texto em algum lugar, caso por algum milagre eles percebam como isso é ridículo e resolvam tirar da Intranet.

sábado, 17 de abril de 2010

Centro Cirúrgico

Sexta feira muito foda. Aula introdutória de Parasitologia pra que, quando se pode passar a tarde inteira no centro cirúrgico? Logo depois do almoço, eu e o Gabriel fomos encontrar a Mônica na biblioteca pra então irmos para o hospital. Apesar de passar pelo hospital quase todo dia - ou toda semana, pelo menos - é bem mais emocionante quando você sabe porque está lá.

Então lá fomos nós até o quarto andar, entrada do centro cirúrgico. Autorização entregue na recepção com uma leve correção do meu nome, que apareceu como Kallufi, com "i"! Peguei a chave do armário e fui pro vestiário trocar de roupa. Eu fico meio ridículo vestindo tamanho G, mas é melhor que nada certo? Pra chegar até as salas de operações ainda precisamos passar do lado do conforto médico e subir umas escadas minúsculas. Super não entendi porque as escadas tem uns 10 cm de largura. E se eu fosse gordo? Hein?

Lá em cima começou a confusão, porque o único que já foi (e muito) lá é o Gá, então eu e a Mô estávamos completamente perdidos no meio de tantos corredores e curvas. Caramba gente, o lugar é bem maior do que eu imaginava! Eu preciso arranjar um mapa pra poder colar da próxima vez.

Eu já esqueci qual era o número da sala que a gente tinha que ir, talvez 16. Enfim. Nosso plano lá era acompanhar uma abdominoplastia com o muito falado Dr. Fábio X. Nahas, marcada para começar 13:30. Só que a essa hora, a paciente da cirurgia da manhã ainda nem tinha saído da sala! O que fazer com muito tempo livre por ali? Fuças nas outras salas e descobrir o que estava acontecendo, óbvio.


Ficamos alternando entre várias salas, porque quase todo mundo ignorava a gente bonito, então não tinha muita graça ficar dentro delas. Mas eu vou contar cada uma brevemente em uma ordem aleatória.

Primeira sala, retirada de um lipossarcoma do abdome/tórax. Interesse particular da oncologista da turma, a Mô. Nossa, como a gente demorou pra entrar nessa... vergonha please. Assim, parece meio ridículo sair invadindo a cirurgia dos outros, apesar que agora eu já aprendi que tem que ser folgado mesmo.
A cirurgia já estava no meio, na verdade a gente entrou na sala achando que tinham tirado o fígado do cara. Pra vocês terem uma noção do tamanho do tumor. Até tenho uma foto, mas acho que não posso mostrar hahaha.

Próxima, exerese de um enxerto de safena. Ou algo assim. Nessa a gente ficou pouco, só deu pra reparar na pequena incisão, no joelho até o abdome.

Transplante de córnea em criança de 2 anos com Síndrome de Goldenhar. Só digo que eu nunca vi um ponto tão pequeno! A olho nu quase não dava pra perceber, não é a toa que toda a cirurgia é feita com microscópio.

Enfim, 15:30 começou a cirurgia que nós fomos ver, então voltamos para a primeira sala. O clima estava muito diferente das outras, todo mundo bem animado. O dr. Nahas foi extremamente simpático, ficava sempre conversando com todos. Cheiro de carne queimada no ar por causa do bisturi... E continuou assim até o fim, depois das 18h. Ou seja, ficamos uma cinco horas em pé por andando por ali! É bom que isso se repita muito ainda. =)

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Done!

Nossa, dia complexo hoje. Às 13 horas estava programado o início das inscrições para as matérias eletivas. Vinte minutos antes estávamos todos reunidos na casa do Thi com seus respectivos computadores conectados e o dedo enfiado no F5 atualizando a página desesperadamente. Vai que eles liberam o formulário um pouco antes né?

Bom, foram bem precisos, as inscrições começaram na hora exata que foi agendada. Hilário o desespero e gritaria de todo mundo tentando preencher correndo os dados necessários e achar a matéria na lista. Mas deu certo, a minha (que é a mesma de quase todos os meus amigos!) já está garantida: 

SUTURAS - PUNÇÕES E DRENAGENS - TRANSPLANTES - RETALHOS E TÉCNICA MICROCIRÚRGICA - TREINAMENTO BÁSICO 

É bom que seja mesmo legal. No fim tem até uma gincana, que ninguém faz nem ideia do que seja.

Fora isso, também teve uma leve estudada em grupo para a prova de amanhã. Estudo que foi interrompido pela nota da prova geral de Imuno que saiu hoje. Ufa, 8,4, consegui me garantir um tanto para as próximas.

domingo, 4 de abril de 2010

Eletivas

Caramba, eu quase esqueci completamente das matérias eletivas! Temos uma lista de matérias, onde podemos escolher uma para ocupar nossa manhã de terça. Detalhe que a escolhe é obrigatória, alguma coisa nós precisamos escolher.

A lista consta com 32 opções, só que todas tem um número limitado de vagas e o preenchimento delas é por ordem de chegada. Ou seja, se eu realmente esquecesse, ia sobrar pra mim coisas legais como "Gestão e Economia" ou "O Dilema Entre Saúde e Fé".

Ruim que mesmo as opções boas não parecem tão legais assim. Estou em dúvida entre um curso de suturas, transplantes, retalhos, drenagens... e um de modelos experimentais de laboratório. E agora? Inscrições segunda na hora do almoço, é bom que até lá venha alguma luz.

Ó a lista completa aí: http://www.unifesp.br/prograd/eletivas/2010/oferecidas2010.html

quarta-feira, 31 de março de 2010

Aula Prática e Possível Doação de Medula.

Depois de aulas tão sofridas de Biomol sobre coagulação e afins, já era hora de termos um descanso. Podia vir na forma de horários livres, mas uma aula prática já ameniza bastante o curso. Objetivos da prática?

  1. Ilustrar a ação de anticoagulantes orais e injetáveis.
  2. Ilustrar a ação de agentes fibrinolíticos.
  3. Ilustrar a ação da trombina.
  4. Conhecer os diferentes mecanismos de ação das drogas anticoagulantes e fibrinolíticas.
Óbvio que nós não injetamos nada em ninguém, nem sequer usamos cobaias! Só um monte de plasma e várias pipetas. Mas por mais nerd que isso possa parecer, foi bem divertido ver um monte de coágulos se formarem nas plaquinhas.

E já que estou falando de sangue, outra coisa sem relação direta com a aula prática. Hoje no fim da tarde fui tirar 10ml de sangue para o cadastro de doação de medula óssea. Vamos lá né, vai que aparece alguém compatível precisando. 
Complicado é ter que tomar anestesia geral só pra fazer a doação depois...

sábado, 27 de março de 2010

Monitoria

No começo era só uma brincadeira, zoação dos outros como se eu fosse algum favorito da professora, o Kallufinho. E a gente realmente falava como se eu tivesse algum influência e fosse virar monitor de Embrio. E não é que, um ano depois, a ideia fixou e agora já é praticamente certeza?

Além do fato óbvio da possível bolsa que eu poderia ganhar (grana é sempre bem vinda), ainda ganho um crédito da faculdade e uma desculpa pra começar uma pesquisa só ano que vem. E todos o tempo perdido desenhando minhas lâminas serviria para alguma coisa.

A prova de seleção deve ser em junho, com no máximo quatro vagas sendo apenas três com bolsa. Bora se matar de decorar os nomes das lâminas e exterminar a concorrência dissuadir todos de tentar.
Só para ter uma ideia, as duas lâminas que eu já estudei - desenhando e colando na parede - tem 15 nomes para saber. Foram talvez umas 20 ao longo do ano passado, totalizando algo perto de 150 nomes. Na prova, só prática, vão cair quaisquer 40 dessas estruturas. Uhul, me divirto fácil!

terça-feira, 23 de março de 2010

Milhões de Provas

Nossa, estamos em março ainda e eu já estou usando as provas como desculpa para não postar. Apesar de saber que o bom de ter provas semanalmente é que a matéria de cada prova é menor, no fundo eu ainda desejo ter só uma prova semestral, podendo enrolar 5 meses sem fazer muita coisa.

E apesar disso eu arranjo tempo pra tanta coisa inútil, tipo fuçar a nota de todo mundo num gráfico elegante. Porque mesmo com nota vermelha (6,5) é preciso saber que tem gente pior que você né?
Uma coisa bem legal desse ano é que estamos nos reunindo bem mais, pra estudar e conversar. Eu nunca fui disso, mas juro que funciona! Na verdade, a gente ainda reclama que se vê pouco, mesmo passando todos os dias inteiro juntos e alguns fins de semana. Deve ser algo típico de amigos de faculdade, você sabe que vai aguentá-los por uns 10 anos pelo menos, então aprende a amar desde cedo né? Se acostuma com cada mania, tique nervoso e demais peculiaridades.

Enfim, esse semestre está tenso. Mas estou adorando toda essa intensidade, só aumenta a paixão.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Segunda chamada

Como na primeira chamada eu não fiz nada de útil fora rir dos calouros, dessa vez mesmo tendo um dia completamente livre eu resolvi ajudar lá na matrícula da segunda chamada. Isso que eu acordei 6:30 para pode passar no CAPB pegar umas coisas antes, pra vocês verem como eu estava disposto.

Então às 7:30 eu já estava com o meu colete verde fosforescente de identificação, uma pilha de manuais de sobrevivência dos calouros e uma prancheta com vários questionários. E lá fui eu, na maior cara de pau, falar com quase todos os calouros que iam entrando do recinto. Como cansar ficar em pé 4 horas falando com desconhecidos.

Nesse período todo acho que não teve nada de emocionante. Uma caloura de Curitiba (Ponta Grossa na verdade, mas mora na capital agora) apareceu, o que pelo menos animou bastante a minha manhã. Também vários desesperados chegando em cima da hora por causa do trânsito. Imagina perder sua matrícula por causa da chuva maldita de São Paulo? Teve até gente de Brasília chegando, outro que quase perde a matrícula pela brilhante ideia de pegar um voo no mesmo dia.

Óbvio que assim que o último calouro apareceu, depois de 51 matriculados, eu corri embora dali antes que outro chegasse. Afinal, precisava dar uma espiada no pedágio. Não que eu fosse dar trote em alguém, até porque eu acabo ficando com pena mesmo que alguns praticamente peçam por isso.


Agora imaginem um calouro grande pintado quase inteiro de rosa e me digam se os dois possíveis apelidos dele não tem tudo a ver? Dá pra entender porque o pedágio é tão hilário de assistir.



segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

P2

Mas esses professores de Imuno são mesmo muito sagazes. Além de darem uma aula completamente corrida, com tanta coisa que eu nunca consigo anotar tudo que eu quero, também fazem uma prova confusa pra caramba. Acho que já deu pra imaginar que hoje teve prova né? E que em todas as questões eu não sabia direito o que eles queriam que eu respondesse. Bem animador, uhul.

Pior é logo depois da prova ter uma hora de discussão sobre... a prova! Eu não quero que esfreguem na minha cara tudo que eu errei. E com certeza eu não quero isso em uma sala sem ar condicionado em um dia como hoje onde meus olhos estavam derretendo. Eita, quem foi a mente sádica que elaborou nosso calendário hein?

Bom, além dos estudos acho que a única novidade é que eu voltei a treinar Vôlei. Eu também queria poder perguntar quem foi o sádico que fez isso comigo, mas por incrível que pareça o maluco fui eu. Não dá pra ficar mais um ano parado, então lá fui eu num domingo a noite fazer 3173917319 voltas de corrida, abdominais e flexões. Depois dessa acho que eu mereço mesmo uma prova como a de hoje.

sábado, 20 de fevereiro de 2010

78

Ah, estou com a impressão que a turma dos calouros vai ser legal! Ainda estão bem sumidos, aparecendo aos poucos, mas a impressão atual é boa. Tudo bem que a turma vai ser formada praticamente pela segunda chamada, mas quero ver.

Vamos ver se isso continua ao longo do ano certo? Ainda mais que agora vai ter a questão do apadrinhamento, então eu preciso acreditar que eles serão todos legais.

A matrícula da primeira chamada foi meio parada, com só 56 ou 57 calouros pra 121 vagas. Achei logo de cara o meu "afilhado", que por enquanto parece normal. O trote então, muito leve e mesmo assim tinha gente reclamando de um pouco de tinta. Na verdade, tinha gente que não queria nem escrever "78" de caneta na testa. O povo passa na melhor do Brasil e fica de frescura, parece até que está triste, dá pra entender? Óbvio que esses foram poucos, no geral está tudo ótimo.

Esperança depositada na segunda chamada, que deve ser só com o povo desesperado que ainda não passou em nada. Virão todos sedentos pra começar o ano... pra dar de cara com Biofísica. #masterfail

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

LOL³


É com essa imagem que um professor ilustra mais uma aula de Biomol. E ainda explica, após lembrar como precisamos nos esforçar pra caramba esse ano, que "o touro é a biologia molecular". Fala a verdade, não é animador?

Mas apesar disso, por enquanto as coisas ainda estão fazendo sentido. Pelo menos na minha opinião, essa matéria tem um sistema legal de exercícios que a gente deve fazer em casa, as vezes antes da aula mesmo. É bem confuso ter que ler no livro um assunto que nunca ouvimos falar, mas na aula é tipo muito bom, tudo se encaixa (ou deveria pelo menos heh).

Imuno é assim também, com a diferença que eu NUNCA consigo copiar a matéria toda da aula, por mais rápido que eu tente escrever! Considerando a possibilidade de digitar direto na escola, ao invés de só passar a limpo em casa.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Complexo Principal de Histocompatibilidade

Começo de ano lotado de janelas, horários livres e horários pra estudo em caso que na prática são horários livres. É ótimo mas no fundo a gente sabe que não vai durar muito né?
Olha o horário de hoje por exemplo: prova das 14h às 15h. Só isso mesmo, manhã e fim de tarde livres. Ótimo que eu consigo ir sempre visitar os tios e primos.

A prova de Imuno de hoje na verdade foi uma provinha, porque tem um peso menor do que as normais e só quatro questões. Quatro questões bem genéricas, mas que me fizeram ler dezenas de páginas de um livro em inglês desesperado achando que ia ser algo complicadíssimo. Nem caiu o MHC!

Depois da prova teve uma reunião básica na Atlética pra decidir algo sobre a recepção dos calouros. Amanhã já sai a lista dos aprovados e semana que vem é a recepção. Tipo, os nossos calouros!
Esse ano ainda tem uma novidade. A pró-reitoria de graduação (PROGRAD) decidiu que agora cada calouro vai ter um veterano como "padrinho", pra tirar dúvidas e outras coisas. Como eu disse hoje mais cedo, só falta o meu ser alguém insuportável e eu me sentir tentado a mentir pra ele. =)

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Semana bem várzea. Tipo, bastante mesmo. Ao invés de termos 4272730 horários livres, podiam espremer tudo depois no carnaval né. Mas já que não dá, a gente fica tendo aula de Biomol uma vez por dia e vai pra casa.

Agora alguém me explica como o povo pode já ter emprestado praticamente todos os livros de Imuno da biblioteca para estudarem, sendo que a gente não teve nenhuma aula? Tudo bem que semana que vem já tem prova, mas mesmo assim. Só vai ter uma aula antes da prova, só tem matéria de UMA aula. E mesmo assim estão todos neuróticos.

Não que eu não esteja estudando, até porque eu continuo tentando digitar toda a matéria do dia assim que chego em casa. Mas hoje deu até pra ir no primeiro churrasco da 77 na atlética, teve até carne nesse!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

1

Primeiro dia de aula com várias coisas desnecessárias. Ao invés de deixarem nossa manhã livre, tivemos uma micro apresentação sobre a volta de Psicologia Médica até as 8:30 e então um intervalo enorme. Why?
Da apresentação, foi pelo menos útil saber como funciona o curso esse ano e eu torço para que as aulas práticas sejam legais. Mas não precisavam manter os mesmos grupos do ano passado, com indivíduos beeeem problemáticos.

A tarde então acho que pode ser considerada ainda mais inútil. Foi uma introdução de quatro horas sobre o módulo de Bases da Medicina Celular e Molecular. Mas como falamos na aula, parecia mais que fomos para o campus errado ter aula de história. História da medicina, mas ainda é história. Pelo menos agora já sei que os fungos surgiram entre a Era Devoniana e Pré-Cambriana, muito importante!

O dia só valeu a pena pelas pessoas mesmo. Apesar de já ter visto os que mais importam em janeiro mesmo, foi  bom encontrar o povo e rir demais o dia inteiro. Pra acabar direito o dia, pizza com a turma, quero mais o que hein?

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Consulta de Unidades Curriculares

Ano novo com matérias novas. E algumas antigas que continuarão nos perseguindo pela eternidade. Não temos um horário organizado ainda, só o lugar de encontro na segunda como eu disse no outro post, mas já dá pra saber todas as UC que vamos ver no ano. Olha a lista aí, que linda:


  1. Anatomia Patológica
  2. Atendimento Pré-Hospitalar do Trauma
  3. Bases da Medicina Celular e Molecular
    • Biologia Molecular
    • Microbiologia
    • Imunologia
  4. Educação e Comunicação em Saúde
  5. Farmacologia e Psicobiologia
  6. Necessidade de Saúde
  7. Psicologia Médica
  8. Semiologia Integrada

Tudo bem óbvio né, já dá pra sacar como vai ser. A única que normalmente quem é de fora não conhece é semiologia, que de acordo com a escola mesmo é pra nos "capacitar para observar pessoas e as formas de adoecer, aprofundamento nas técnicas de realização de entrevistas e habilidade para realização de anamnese segundo diferentes áreas médicas e ciclos de vida". Supimpa.

2º ano!

"Eu, PEDRO ROCHA KALLUF, matrícula **.***, tendo cursado MEDICINA do Campus SÃO PAULO, no 2º semestre/2009, estando ciente de minhas aprovações / reprovações / pendências, venho através desta solicitar matrícula para 2ª série/ termo."


Pronto, agora que passou a rematrícula eu posso finalmente afirmar que estou no segundo ano! E apesar do texto elaborado que eles colocam no comprovante, eu não tenho nenhum reprovação ou pendência não, passei em tudo viu?


Amanhã já sai a lista de aprovados do vestibular, então terei oficialmente calouros. O que é um pouco assustador já que eu ainda não sei porcaria nenhuma e continuo um perdido na escola hehe. Lembrando disso, já prometo que vou ser bonzinho com quase todos. Quase.


O carnaval também está aí e... peraí, que carnaval o que! Seria tão mais sensato começar as aulas após o carnaval, junto com as pessoas normais, mas não. A gente já começa segunda, dia 1º de fevereiro. Primeirodefevereirodedoismiledez, isso mesmo povo.
Pelo menos eu já sei onde preciso ir pra primeira aula: anfiteatro A, 8:00h. Bom pra lembrar do ano passado. Péssimo se for pra começar com alguma aula sonífera.