quinta-feira, 1 de outubro de 2009

O poder do mito, da filosofia, da umbanda, da história...

Psicomed. Outra das matérias novas do segundo semestre, seguindo o roteiro do último post. Ao contrário de Saúde Coletiva, que tentava nos convencer da super-belezura que é o SUS, essa disciplina busca forma médicos mais humanos, do tipo que se preocupa e conversa com os pacientes ao invés de fazer uma consulta de 4 minutos.

Apesar da Soraia me achar uma pessoa má que não se preocupa com o povo (é, você mesmo Sô!), eu considero isso importante sim afinal eu poderia cobrar por tempo de consulta. Não há nada de prática nessa matéria, apenas discussões semanais em grupos de 20 alunos sobre algum texto, alguns citados no título desse post.

Assim, na primeira semana discutimos o que é e para que serve um mito. O que é e para que serve a filosofia. O que é e para que serve a Umbanda. Perceberam um padrão aqui? Apesar de algumas discussões interessantes, normalmente acho tudo bem repetitivo. Lemos um texto um dia antes da aula, começamos a aula nos dando nota 10 por termos refletido muito, alguém escreve algumas perguntas no quadro e nós respondemos na forma de um quase-debate.

Falta polêmica, comentários mais profundos a respeito dos textos e opiniões mais divergentes. Ainda espero um tema legal pra poder lançar uma bomba no meio da sala, mas alguém sempre me controla não é... Continuo achando que a maioria das pessoas só responde o que o professor espera de uma pessoa com bom coração. Aliás, nosso professor mudou durante o curso. Começamos com um, que saiu pro problemas familiares, e agora estamos com uma que não deixa a gente falar.

Amanhã a tarde é a próxima aula, discutindo a evolução da medicina e o papel social do médico. É meio assustador porque tem várias verdades que eu nunca tinha parado para pensar, ainda mais sobre quem está começando na medicina. Acho que dessa vez eles acertaram na escolha do texto viu? E eu vou fingir que li Foucault só pra impressionar hohoho.

No fim do ano temos que apresentar um trabalho para a classe toda, apresentando nossa visão sobre todos os temas discutidos e relacionando-os com o relacionamento médico-paciente e a habilidade de conhecer pessoas. Aham, não entendemos o que é isso tudo.

Palavras-chave da disciplina: subgrupos A-D, nota de saída, Rud, madrinha Lourdes, apresentação final, bongô.


0 comentários:







Postar um comentário